domingo, 5 de maio de 2013

Pôr do Sol II




O Pôr do Sol
...A câmera nem acreditava que novamente estava naquela tarde na rua voltando com aquele céu azul demais, branca as nuvens rodeando não sei o que!Parecia que esperando um belo ritual.

 O dia estava delicioso, quente, a cidade com seu ruído costumeiro. E ela ali no meio da vida agitada, deliciosamente viva, borbulhando feito champanhe na taça...

Veja mais a continuação desta prosa em:
 http://marlifranco.blogspot.com.br


Um comentário:

  1. Olá Marli, querida,
    O entardecer nos brindou com tua sensibilidade fotográfica e com tua lírica inspiração!! Beleza, amiga, agora, e depois dessa bela introdução estou curiosa para ler o restante desse conto! Parabéns!
    Beijos, Vilma

    ResponderExcluir

Agradeço a visita!
A sua presença e comentário são um privilégio precioso.
Volte sempre é uma honra te receber em meu humilde espaço.
Um beijo de violetas.